NexB | Boas notícias e desafios do Empreendedorismo brasileiro | M&A - Fusões e Aquisições, Consultoria Empresarial e Serviços Financeiros

Boas notícias e desafios do Empreendedorismo brasileiro

Boas notícias e desafios do Empreendedorismo brasileiro

Boas notícias e desafios do Empreendedorismo brasileiro

Para você que acompanha nosso blog, falamos sobre M&A, negócios, gestão, pessoas, tecnologia e oportunidades… temos boas notícias:

Em pesquisa recente divulgada pelo Atlas dos Pequenos Negócios e publicada pelo site sebrae.com.br : “O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) calcula-se  que ao menos 86 milhões de brasileiros são beneficiados diretamente pela atividade empreendedora no Brasil. Montante representa 40% da população do País”

Temos 43 milhões de empreendedores no país, e a renda anual gerada pelos pequenos negócios segundo o mesmo artigo chegam a 35 bilhões mensais no total de 420 bilhões anuais sendo R$ 140 bilhões geradas pelos MEIs e R$ 280 bilhões pelas PMEs. O estudo destaca ainda que 78% dos microempreendedores têm no empreendedorismo sua única fonte de renda.

Ainda segundo a mesma fonte de pesquisa, em 2021, 3 em cada 10 brasileiros adultos entre 18 e 64 anos possuem uma empresa que já está estabelecido no mercado há mais de 3,5 anos, totalizando 14 milhões de empreendedores brasileiros com esse índice de tempo de empresa, isso trouxe o Brasil para o 7º lugar no empreendedorismo mundial, e mesmo com o cenário de pandemia em 2021 cresceu de 8.7% para 9,9 saindo de 13º para 7º lugar no ranking mundial.  Se considerarmos somente os Países do Brics o Brasil lidera e possui a maior taxa de crescimento, ficando 8% acima da China.  Considerando que ainda 46% de brasileiros sonham em ter o próprio negócio nos próximos anos sem dúvida alcançaremos os primeiros do ranking mundial.

Valem ressaltar que um dos motivos desse crescimento deve-se sim a redução de vagas de trabalho formais. Pesquisas mostram que a formalização como MEIs cresceram 323% entre dez/21 à março/22, porém apesar da necessidade de sobrevivência e também pelos benefícios jurídicos e tributários, a grande maioria, 76% “se vêm” no empreendedorismo por vocação e 48% por necessidade.

As palavras Capacitação, Inovação e Gestão resumem-se aos grandes desafios. Empreender no Brasil ou qualquer lugar do mundo é desafiador, deve-se estar sujeito e preparado às mudanças constantes de cenários que o mercado impõe, só uma boa ideia de negócio ou então o sonho de querer ser o seu “próprio chefe”, nem sempre são sinônimos de sucesso do negócio.

O processo de busca pela excelência passa pela melhoria constante, inovação, capacitação de pessoas, implantação de processos e melhores práticas, esses entre tantos outros são os principais desafios para evolução do empreendedorismo brasileiro com sustentabilidade e por consequência lucratividade.

_____________________________________

Zuleika Rastelli

Diretora de Serviços da Nexb