NexB | Vilões da Gestão Empresarial | M&A - Fusões e Aquisições, Consultoria Empresarial e Serviços Financeiros

Vilões da Gestão Empresarial

Vilões da Gestão Empresarial

Vilões da Gestão Empresarial

Quais são as áreas da gestão empresarial? Quem são os Vilões?

As 8 áreas mais importantes da gestão empresarial para você se atentar:

  • Pessoas
  • Financeiro
  • Operações
  • Estratégia
  • Marketing
  • Tecnologia
  • Capacitação
  • Inovação

O Vilanismo na gestão empresarial, pode ser relatado com as seguintes não conformidades sobre os itens apontados como os de maior importância:

► Falhar no processo de recrutamento e seleção, alocar a pessoa em local não apropriado ao seu perfil, não oferecer treinamento ou adaptação para que o desempenho seja adequado às atividades propostas;

► Não Planejar o Caixa da empresa e não considerar o Caixa como sendo o principal fator de atenção dentro da organização. Planejamento orçamentário tem como ponto de partida o CAIXA, que por sua vez passa por todas as atividades da empresa, lembre-se TODAS as movimentações que ocorrem na empresa deverão gerar caixa ou deverão consumir caixa.

► Não Planejar os processos operacionais em relação a capacidade de produção da empresa e com a seu potencial operacional, seja no agronegócio, na indústria ou no Serviço (incluímos aqui o comercio), a operacionalização das atividades é o contato direto com o consumidor que busca atender suas necessidades latentes;

► Não traçar a Estratégia para longo prazo. O projeto de expansão da empresa tem início no momento zero, ou seja, quando o empreendedor transforma seu sonho em realidade, começa a produzir, comprar, vender prestar serviço etc. O Sucesso de um projeto tem uma relação direta com a perspectiva criada em função da leitura prévia de sociedade de consumo. Sabendo para quem vender, a estratégia e planos de ação são facilitados;

► Não enxergar o público-alvo dentro das ações propostas pela empresa. Como a definição de publico é prévia, ou seja, parte do plano estratégico, toda ação de Marketing e busca de share demanda uma ação de Marketing adequada para cada perfil de público, ficar atendo as evoluções do mercado é fundamental;

► Parar de investir em tecnologia pode ser um passo para trás. O Mundo dos negócios avança em grande velocidade para a Quarta Revolução Industrial, a revolução 4.0 onde a disrupção deverá determinar o caminho dos negócios;

► Não contar com equipes em pleno processo de Capacitação. Esta pode ser oferecida pela empresa, como pode ser incentivada para a obtenção de novos líderes na empresa, novas ideias e posicionamento construtivo;

► Sem Inovação, não há como pensar em evolução da empresa. A sociedade se modifica numa velocidade assustadora e provoca uma demanda latente de fatos novos, produtos novos, novas formas de condução dos negócios, de relacionamento social e familiar.

_________________________________________________________________________

Prof. Raymundo de Souza Neto – Mestre em Controladoria pela PUC/SP

FRANQUEADO UNIDADE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO/SP